DENÚNCIANOTÍCIAS

Após denúncia do ParáWebNews, site pró-Edmilson para prejudicar Eguchi é retirado do ar

Na noite de quarta-feira, 25, por volta das 20 horas, o ParáWebNews (PWN) publicou a reportagem Empresa que faz marketing para Edmilson cria site criminoso para atacar Eguchi com denúncias que mostram que o site “O Verdadeiro Eguchi”, criado em 18 de novembro passado, era criminoso e surgiu apenas para espalhar fake news sobre o candidato Delegado Eguchi (Patriota), no segundo turno da eleição municipal 2020, em Belém.

A denúncia do PWN vai mais longe, identificou e mostrou que o site é feito por uma agência de Brasília (DF), por um social mídia chamado Alexandre Fonseca. Fonseca é morador de Brasília (DF) e proprietário da empresa Red Mustache Design.

Pesquisando um pouco mais a fundo as redes sociais, tanto de um quanto de outro (Alexandre e Fernanda), inicialmente, percebe-se que ambos são conhecidos, uma vez que um segue ao outro no Instagram.

Saiu do ar – Poucos minutos após a denúncia do ParáWebNews ser colocada no ar, o site apócrifo, isto é, sem assinatura de uma pessoa responsável, saiu do ar, como por encanto. Desde quarta-feira, 25, à noite, o site está assim:

Site fora do ar, desde quarta-feira, 25, por volta das 21h30

Print – Mas se existe uma coisa mais válida que a palavra dada, em se tratando de internet, o print não morre e são provas de crimes cibernéticos. E aqui estão alguns prints mostrando a forma criminosa usada pelo site “O Verdadeiro Eguchi” para disseminar fake news.

Página de abertura do site
Páginas e mais páginas de fake news
O site apócrifo buscava relacionar Eguchi e o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho

Eguchi – A assessoria jurídica do candidato Delegado Eguchi informou que pretende ingressar com ações tanto na esfera eleitoral, para tirar o site do ar, como na criminal, para apurar a possível responsabilidade da empresa Calli e do candidato Edmilson Rodrigues (PSOL).

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar