DENÚNCIANOTÍCIAS

Policial paraense escapa de linchamento após ter agredido a namorada

No domingo, 13, por volta de meia, durante comemoração da vitória do Clube do Remo na avenida Visconde de Souza Franco, a Doca, a viatura da 2ª Cia. do 2º BPM da PMPA – “Batalhão Tiradentes”, com os cabos Ferreira, Priscila e Murilo, comandada pelo tenente Wagner, salvou Rodrigo Sardinha de linchamento por populares que o viram agredindo fisicamente uma jovem.

Após o relato de várias testemunhas oculares, o agressor de mulheres foi conduzido até a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), onde foi apresentado à autoridade policial e registrado BO por lesão corporal dolosa.

Boletim de Ocorrência registrado pela delegada

E acreditem: a vítima, de iniciais S.N.D.S., pediu para ele não ser preso, minimizou tudo afirmando que Rodrigo segurou seu braço e que ao puxá-la “sentiu o pulso dele passando por seu rosto”.

Já que é muito comum mulheres que vivem uma relação abusiva agirem desse modo por medo de seus agressores. A delegada cuidou de expedir medidas protetivas para que o espancador não se aproxime da vítima, não frequente sua residência e não faça contato por qualquer meio.

Além disso, a moça foi encaminhada para fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). Espera-se que mais mulheres denunciem seus agressores e não se submetam a tal situação.

A violência nunca regride, só faz aumentar e sempre termina em tragédia.

Com informações do blog Uruá Tapera

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar