CRIMENOTÍCIAS

Caixa de som ‘recheada’ de ecstasy é apreendida pela Polícia Federal no Pará

A Polícia Federal (PF) recebeu denúncias, no posto avançado do município de Itaituba, de uma suspeita de tráfico de drogas. A aproximadamente ao meio dia de sexta-feira, 27, um homem foi abordado. Ele levava consigo uma caixa de som. A denúncia era verdadeira e o aparelho estava recheado de comprimidos de ecstasy. Foram 300 comprimidos.

A PF divulgou o caso em nota, sem dar mais detalhes sobre a abordagem. Uma coisa chamava a atenção: o formato dos comprimidos de MDMA (nome do ecstasy), que lembravam corações cor-de-rosa. Esse tipo de droga geralmente é vendida em festas, como estimulantes e costumam ser associados ao bem-estar. Mas são drogas ilícitas e que causam dependência, além de outros males.

Os policiais deram voz de prisão ao suspeito e encaminharam o preso e o material para o Posto Avançado da Polícia Federal em Itaituba. O suspeito foi autuado, em flagrante, pelo crime previsto no art. 33 da Lei n° 11.343/2006 (tráfico de drogas), com pena de 5 a 15 anos de prisão.

Fonte: jornal Amazônia

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar