POLÍTICA

Após decisão do STF, Twitter bloqueia contas de Luciano Hang, Allan dos Santos, Sara Winter e mais 13

Por meio de uma determinação judicial, as contas de 16 apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foram bloqueadas pelo Twitter no início da tarde desta sexta-feira (24).

Entre os alvos da decisão estão o ex-deputado Roberto Jefferson, os blogueiros Allan dos Santos, Bernardo Küster e Sara Winter e os empresários Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, Edgard Corona, dono da rede de academias Smart Fit, e Otávio Fakhoury, financiador do site Crítica Nacional e um dos fundadores do grupo Aliança pelo Brasil.

Os citados são investigados no inquérito das Fake News, que apura a disseminação de notícias falsas e ataques aos ministros do Supremo Tribunal Federal. A decisão que bloqueia as contas nas redes sociais dos investigados é de maio, mas só foi cumprida agora.

Em nota, a rede social afirmou que “o Twitter agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Fonte IstoÉ

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar