BELÉMDENÚNCIAO ED VOLTOU!

Prefeitura de Belém não paga empresa de segurança e provoca a demissão 100 pais de famílias, diz sindicato dos vigilantes

Em uma publicação em sua página no facebook, o sindicato dos vigilantes do estado do Pará lançou uma nota de repúdio contra a prefeitura de Belém pelo que vem acontecendo com mais de 100 trabalhadores que prestam serviço na Secretaria Municipal de Saúde (SESMA).

Segundo o sindicato, os funcionários estão sem receber salário e ticket alimentação por mais de dois meses. A empresa Elite Segurança alega que não tem condições de continuar arcando com o pagamento da folha salarial dos trabalhadores pelo fato de não estar recebendo da prefeitura por mais de 5 meses.

Sem receber da prefeitura, a Elite retirou todos os vigilantes que estavam lotados nas Unidades de Saúde do Município de Belém (CONTRATANTE SESMA), e por não ter outros postos para alocar, está dando aviso prévio aos trabalhadores. Além disso, a empresa não deu previsão de quando irá pagar os meses atrasados, ou seja, os trabalhadores serão demitidos com dois meses de salários atrasados.

O sindicato cobra solução urgente da prefeitura de Belém e da Elite Segurança e colocou à disposição dos trabalhadores sua estrutura jurídica para que eles possam ter garantidos os seus direitos trabalhistas.

MAIS UMA DO ED

De acordo com o sindicato, em evento em celebração ao dia do trabalhador, no dia 1º de maio deste ano, foi cobrado diretamente com o prefeito Edmilson Rodrigues a liberação das verbas para pagar os trabalhadores. Em resposta ele disse que iria resolver, e não resolveu nada. O resultado do não pagamento está sendo a demissão de todos os trabalhadores.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar