EDUCAÇÃONOTÍCIAS

O doutor mais jovem do Brasil é negro e filho de pedreiro e costureira

Guilherme Lopes tem apenas 26 anos se tornou o doutor mais jovem do Brasil recentemente, quando teve a sua tese de doutorado em biotecnologia aprovada.

Só que Guilherme veio quebrando várias barreiras até chegar aqui. Ele é do município de Piripiri, no Piauí, região nordeste do Brasil, e passou por cima de todas as adversidades sociais para conquistar o seu diploma.

Guilherme é filho de um pedreiro e de uma costureira e sempre sonhou com um destino melhor para ele e os pais.

Guilherme conseguiu uma vaga para Biomedicina na Faculdade Maurício de Nassau, em Teresina, a partir da sua nota do Enem.

Indo além, ele tentou vaga no projeto Ciências Sem Fronteiras. Guilherme foi chamado para uma pesquisa no Departamento de Farmacologia da Universidade de Sevilla, na Espanha. E foi a partir daí que as oportunidades surgiram para o jovem doutor.

Ele então começou seu doutorado na UFPI e concluiu com a defesa de uma tese sobre o desenvolvimento de novos fitomedicamentos. Hoje, Guilherme é professor da Faculdade Chrisfapi, em sua cidade natal. Ele dá aulas para alunos dos cursos de Farmácia e Enfermagem.

Fonte: Razões para Acreditar

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar