INTERNACIONAL

Morador encontra 101 bombas da Segunda Guerra Mundial

Uma munição altamente explosiva, herança deixada enterrada desde a Segunda Guerra Mundial, em Honiara, capital das Ilhas Salomão, situada no Oceano Pacífico, foi encontrada por um morador que cavava um buraco para uma fossa.

Um total de 101 bombas que seriam usadas na Segunda Guerra Mundial estavam soterradas e aflito, o homem, aflito, acionou as autoridades locais pedindo ajuda.

Em nota numa rede social, Lachlan Strahan, alto comissário da Austrália na região, a munição altamente explosiva foi removida por policiais, com a ajuda de um especialista na área.

Durante a Segunda Guerra, aquele local foi palco de fortes combates entre os Estados Unidos (EUA) e Japão, com a Batalha de Guadalcanal.

Os projéteis de 105 mm eram amplamente utilizados pela artilharia das tropas dos EUA, durante as ações militares no Pacífico.

Uma bomba semelhante já explodiu sob o fogão de uma cozinha naquela cidade deixando duas pessoas mortas, além de outras duas feridas.

A tragédia aumentou os apelos para que o governo aumente os esforços em localizar e eliminar bombas, projéteis, granadas e minas não detonadas da Segunda Guerra Mundial.

Durante dois dias, foi feita a remoção das 101 bombas e a equipe que esteve no local também examinou todo o perímetro, sem identificar qualquer outra munição.

Os responsáveis pela operação pediram aos habitantes de Honiara que acionem imediatamente a polícia, quando encontrarem esse tipo de artefato, pelo risco que representa para a segurança das pessoas.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar