ENTRETENIMENTO

Justiça de SP penhora R$ 204 mil da Globo por mostrar participante errado no BBB

A TV Globo teve pouco mais de R$ 204 mil penhorados pela Justiça de São Paulo para quitar um processo movido por um homem exibido por engano na edição do BBB11. As informações são do UOL.

Igor Saracene Pachi acionou os tribunais em 2011 por danos morais contra a emissora porque teve imagens pessoais suas veiculadas na internet pelo canal como se ele tivesse sido um dos selecionados para a 11ª edição do reality.

Pachi não foi chamado para esta edição do Big Brother Brasil, apesar de ter se inscrevido. Na verdade, o participante que a emissora deveria exibir como selecionado se chamava Igor Gramani, mas a Globo confundiu os sobrenomes e exibiu Igor Pachi como se fosse Gramani.

A emissora perdeu o julgamento em 1ª instância em 2013, sendo condenada a pagar R$ 30 mil de indenização por danos morais. A Globo recorreu e também perdeu em 2ª instância, mas acabou entrando com um recurso para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), no entanto a decisão foi mantida a favor de Igor Pachi.

Após o processo transitar em julgado (quando não cabem mais recursos) em agosto do ano passado, a Justiça bloqueou os valores em contas da Globo para a transferência ao autor da ação, no entanto houve uma significativa alteração no valor da indenização.

De R$ 30 mil, a ação por dano moral passou a ser de mais de R$ 112 mil, além da aplicação de uma multa de R$ 81 mil. A Justiça também condenou a emissora a pagar mais de R$ 10 mil de honorários advocatícios.

Fonte IstoÉ

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar