BELÉMNOTÍCIAS

Irmã de Edmilson Rodrigues expulsa vereadora Bia Caminha de coletiva

Na entrevista coletiva à imprensa que Edmilson Rodrigues concedeu em seu comitê, na noite de domingo, 29, antes de ir festejar no largo de São Brás, um incidente muito desagradável acabou repercutindo negativamente.

Bia Caminha, vereadora eleita pelo PT em Belém, foi barrada pelos seguranças, segundo ela a mando da irmã do prefeito eleito. Ela se sentiu humilhada, denunciou ter sido vítima de racismo, violência de gênero e machismo e contou tudo em seu perfil no Twitter. Inclusive gravou vídeo, que postou nas redes sociais. 

Veja a postagem da vereadora:

O deputado federal Cássio Andrade (PSB) levou a esposa, que não é do meio político, mas entrou sem problemas. Gente que trabalhou na campanha comentou que ele apareceu na coletiva mais do que Edilson Moura (PT), o vice-prefeito eleito. O bafafá cresceu nos grupos de WhatsApp. 

“Sabe quem mandou me expulsar da coletiva e dizer que eu não tinha sido eleita??? A irmã do Edmilson!!!!! Situação mais humilhante de toda essa campanha!” disse em uma postagem.

Bia Caminha, do PT, foi a vereadora mais jovem eleita para a Câmara Municipal de Belém. Aos 21 anos, ela obteve 4.874.

Edmilson vai precisar de muita paciência e jogo de cintura para agasalhar todo mundo à sua volta. É evidente que ele não soube do acontecido, senão teria impedido. Sempre se posicionou em favor das mulheres e jamais cometeria nem permitiria tal desrespeito.

Fonte: blog Uruá Tapera (por Franssinete Florenzano)

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar