CRIMENACIONALNOTÍCIAS

Dr. Jairinho leva tapa ao deixar delegacia sob gritos de “assassino”

Suspeito de matar o menino Henry Borel Medeiros , de 4 anos, o vereador Dr. Jairinho (Solidariedade) deixou a 16ª Delegacia de Polícia, na cidade do Rio de Janeiro, por volta das 13 horas desta quinta-feira, 8. Acompanhado da companheira, Monique Medeiros, mãe da criança, o casal foi escoltado até a viatura da Polícia Civil.

De lá, seguiu para o Instituto Médico Legal (IML), no Centro do Rio de Janeiro. Antes de entrar no veículo, o casal ouviu xingamentos de várias pessoas que acompanhavam a saída.

Foram chamados de “assassinos” . Um homem furou o bloqueio policial e deu um tapa no vereador.

O casal ficou mais de 5h30 na delegacia e foi ouvido, novamente, por investigadores, que queriam saber se ambos explicarão a verdadeira dinâmica do ocorrido na noite de 8 de março, quando o menino morreu.

Fonte: G1

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar