BELÉMDENÚNCIA

Desenhos florais do Palacete Faciola são encobertos em restauração

Um dos símbolos do Ciclo da Borracha em Belém, depois de anos em estado de abandono e se deteriorando ao sabor da chuva, sol e umidade típica da Amazônia, o Palacete Faciola está em obras de restauração. O projeto está sendo tocado pela Secretaria de Cultura do Pará (SECULT).

No entanto, uma foto divulgada pela secretária Ursula Vidal sobre o andamento da restauração do palacete, vem chamando atenção e causando polêmica. Uma das características marcantes das paredes do Faciola são os ricos desenhos florais, mas eles estão sendo apagados por uma tinta com tons mais avermelhados.

Abaixo uma imagem comparando as mesmas paredes do palacete Faciola antes e depois da restauração:

A SECULT ainda não se pronunciou sobre o apagamento histórico dos ornamentos do Palacete Faciola.

Em Belém, há exemplos de prédios com este tipo de ornamento que tiveram seus traços originais minuciosamente recuperados, como a Igreja do Carmo e o Palacete Bolonha.

A Casa Rosada, no bairro da Cidade Velha, é outro exemplo de que, um pouco mais de esforço, gera resultados belíssimos para salvaguardar a história de Belém.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar