CORONA VÍRUSDENÚNCIANOTÍCIAS

Acusado de ameaçar prefeito de Santarém é identificado pela polícia e pede desculpas

A Polícia Civil do Pará identificou na manhã desta segunda-feira, 15, o suspeito de ameaçar de morte o prefeito da cidade Santarém, Nélio Aguiar, após ter prorrogado o lockdown no município até o próximo dia 19.

Antônio Marcos é radialista e ameaçou jogar gasolina e depois atear fogo no prefeito. A mensagem de áudio, foi compartilhada em grupos de WhatsApp no último domingo, 14, e chegou a Nélio que registrou um Boletim de Ocorrência (BO).

“Prefeito pilantra, mentiroso. Na campanha política disse que não ia ter ‘lockdown’ na segunda-feira, mas depois de uns dias que ele assumiu, teve lockdown…. Já estamos indo pra terceira semana (…). Merece pegar um litro de gasolina e tacar fogo em ti, seu Nélio Aguiar. O povo tá revoltado. (…) Não anda lá pela rua, não”, disse ele em áudio que foi compartilhado no WhatsApp.

Antônio foi intimado para prestar depoimento e em um novo áudio disseminado nesta segunda-feira, 15, pediu desculpas ao prefeito.

O homem comanda um programa diário na Rádio Princesa FM, mas não tem vínculo empregatício com a emissora. O horário do programa é alugado pelo radialista. 

“Não compactamos com atitudes de qualquer colaborador nosso, ativo ou independente, principalmente quando chega a um nível desse [de ameaça de morte]”, disse Mario Sérgio Costa, diretor da rádio, ao Blog do Jeso, de Santarém. “Antônio Marcos foi infeliz na sua opinião. Mas temos certeza de que ele não seria capaz de cumprir a ameaça que fez. Lockdown é questão de saúde pública e assim deve ser respeitado por todos”, complementou.

Fonte: blog do Jeso

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar