NOTÍCIASREGIONAL

Tsunami no Pará? Veja o que diz pesquisador da UFPA

A possibilidade de um tsunami atingir a costa paraense após a erupção do vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, na Espanha, tem despertado a aflição dos paraenses e também uma certa dose de humor. Neste domingo, 19, o vulcão entrou em atividade, no entanto, a ocorrência de terremotos que possa gerar grandes ondas e atingir o litoral brasileiro são pequenas.

É o que afirma o geólogo Maamar El Robrini, professor do curso de Oceanografia na Universidade Federal do Pará (UFPA). Segundo ele, algumas simulações e cenários foram realizados, para projetar um possível tsunami no Oceano Atlântico Sul. “Embora isso possa ser possível, este é, na verdade, o pior cenário e não o mais provável. Acredita-se que há uma chance muito pequena de isso acontecer e, ressalta-se ainda, que estes eventos são raros neste oceano. Portanto, não há, ainda neste momento, fortes evidências da ocorrência de um tsunami no Litoral Brasileiro” ressalta o pesquisador.

Adormecido há décadas, o Cumbre Vieja é um vulcão ativo e as três últimas erupções ocorreram nos seguintes anos: 1772, 1949 e 1971. Está localizado na ilha de La Palma, uma comunidade espanhola das Ilhas Canárias. Depois de uma semana com várias atividades sísmicas na região, entrou em erupção neste domingo, 19. Até o momento, 5 mil pessoas já deixaram suas casas que ficam no entorno do vulcão. 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar