NOTÍCIASPOLÍTICA

Com irregularidades, Data Ilha divulga pesquisa com Edmilson na frente

O Data ilha, instituto maranhense já acusado de privilegiar a campanha do Governador Flávio Dino do PCdoB, divulgou pesquisa sobre o segundo turno das eleições para prefeito de Belém.

veja: Datailha é uma fraude confessada na justiça eleitoral E Data ilha admite falhas em pesquisa que deu larga vantagem a Flavio Dino

Segundo os dados apresentados pela pesquisa do Data ilha, realizada entre os dias 25 e 26 de novembro de 2020, no Município de Belém, o candidato Edmilson Rodrigues apareceria com 57 % dos votos válidos contra 43 % do candidato adversário, Delegado Federal Eguchi.

Foram entrevistados 800 pessoas e a margem de erro é de 3,46%, e o nível de confiança é de 95%.

Ocorre que, a pesquisa, registrada no TSE sob o número PA-01376/2020, foi encomendada e realizada pelo próprio instituto, o Data Ilha, sem indicação de origem do valor, prática que o TRE já decidiu ser irregular.

É bom lembrar, que embora a pesquisa não tenha sido impugnada pela assessoria jurídica do candidato Delegado Federal Eguchi, em tempo hábil, nada obsta que seja declarada, de ofício, pelo juiz, por meio de seu poder de polícia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar