ENTRETENIMENTONOTÍCIAS

Alan Parker, diretor de filmes como ‘Expresso da Meia-Noite’, morre aos 76 anos

Alan Parker, diretor de “O Expresso da Meia-Noite”, “Mississípi em Chamas”, “Fama”, “Pink Floyd – The Wall”, entre outras obras do cinema, morreu aos 76 anos.

Segundo a imprensa internacional, Parker morreu na manhã desta sexta-feira, 31, em Londres, capital inglesa. O Instituto Britânico de Cinema (British Film Institute) confirmou a morte do diretor. Em comunicado, a família informou que Parker morreu após sofrer anos com uma doença, que não foi informada.

Parker ficou conhecido por seu trabalho em filmes como “Fama”, “A Chama que não Se Apaga”, “The Commitments – Loucos pela Fama” e “Bugsy Malone – Quando as Metralhadoras Cospem”, além do longa “Evita”, estrelado por Madonna.

Ao longo da carreira, o diretor foi indicado diversas vezes em prêmios como Oscar, Bafta e Globo de Ouro.

Carreira – Nascido em Londres, na Inglaterra, Alan iniciou a carreira como redator publicitário, migrando para a direção de comerciais e iniciando seus trabalhos no cinema na década de 1970.

O cineasta foi um dos diretores mais bem-sucedidos da Grã-Bretanha, que colecionou 10 Oscars e 19 British Academy Film Awards (Bafta) e foi nomeado “Sir” pela rainha Elizabeth II em 2002.

Alan Parker deixa a esposa Lisa Moran-Parker, os filhos Lucy, Alexander, Jake, Nathan e Henry e sete netos.

Fontes: G1 e Marie Claire

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar