BELÉMCORONA VÍRUSNOTÍCIAS

Sindicato denuncia falta de médicos na UPA de Icoaraci e PSM do Guamá

Plantonista da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Icoaraci e do Pronto Socorro Municipal (PSM) do Guamá, denunciaram que a quantidade de médicos para atender à população nas unidades, que está prestando atendimento a pacientes com Covid-19, são insuficientes.

Segundo as denúncias, em Icoaraci no domingo, 28 de março, apenas dois médicos prestaram atendimento aos pacientes que estavam na unidade, em vez de três, como sempre é feito, um deles precisou reforçar o atendimento na UR da unidade.

No Pronto Socorro Municipal do bairro do Guamá, que virou atendimento exclusivo de Covid 19, os três médicos da porta seriam reduzidos a dois e o médico da escala, que está há menos tempo dentro do serviço, seria dispensado, tendo a opção de ser realocado em outra unidade de pronto atendimento. 

Ainda de acordo com os plantonistas, há rumores que a Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma), se mobilizou para que a Câmara Municipal de Belém (CMB) aprove a contratação de médicos cubanos e outras nacionalidades, sem registro no Conselho Regional de Medicina Pará (CRM-PA), pelo menos enquanto estiver em vigor o decreto de estado de calamidade pública na capital.

A reportagem procurou a Secretaria Municipal de Saúde de Belém e aguarda posicionamento. 

Fonte: Roma News

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar