BELÉMNOTÍCIASO ED VOLTOU!OuteiroPará

Prefeitura de Belém abandona obra na Praia Grande, em Outeiro

A situação na Praia Grande, em Outeiro, tornou-se motivo de preocupação e descontentamento entre os comerciantes locais devido ao abandono de uma obra pela Prefeitura de Belém. A construção do muro de arrimo, que já enfrentava embargos do Tribunal de Contas dos Municípios do Pará (@tcmpara) devido à ausência de processo licitatório, está parada, causando transtornos e prejuízos à comunidade. As informações são da página Outeiro News.

A obra, que teve início em maio de 2022, inicialmente tinha uma previsão de entrega de seis meses. No entanto, após 18 meses de execução, ainda não há uma data definida para sua conclusão. Esse atraso tem impacto direto nos comerciantes locais, que veem seus estabelecimentos acumulados no vão central do estacionamento, transformando-o em uma espécie de “favela” a céu aberto.

Acumulo de lixo em Outeiro. Foto: Outeiro News

A utilização do termo “favela” não busca desqualificar os comércios, mas destaca a condição de aglomeração e desorganização que está causando prejuízos aos empreendedores locais. A Administração Regional de Outeiro (AROUT) tomou a decisão de remover os comerciantes sob a justificativa de reorganizar o calçadão. Contudo, até o momento, nenhum projeto futuro de padronização e organização das barracas foi apresentado, deixando os comerciantes em uma situação de incerteza e instabilidade.

O descaso com a conclusão da obra e a falta de planejamento para mitigar os impactos nos negócios locais geram indignação em Outeiro, que espera uma solução imediata por parte das autoridades responsáveis. O abandono da construção do muro de arrimo não apenas compromete a infraestrutura local, mas também afeta diretamente a subsistência dos comerciantes que dependem do funcionamento adequado desse espaço.

Abandono da obra no estacionamento da Praia Grande, em Outeiro. Foto: Outeiro News

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar