BELÉMNOTÍCIAS

Gaby Amarantos fala que em Belém vivia sobre corpos e bala perdida

“Era bala perdida todo dia. A gente ia para escola e passava por corpos estendidos na esquina por causa de chacina ou operação da polícia”, disse a cantora Gaby Amarantos em entrevista para o jornal Extra.

A cantora viveu parte de sua vida morando no bairro do Jurunas, na capital paraense.

“No lugar de extrema violência onde a gente vivia, ela me protegia de abuso sexual, crime ainda normalizado por lá”, completou, citando a mãe Dona Elza, falecida em 2015 depois de ser diagnosticada com um câncer no pulmão.

“Era o couro comendo lá fora, e minha mãe em casa me enfeitando, me botando para desfilar, desenhar, pintar, cantar. A arte me salvou no meio disso tudo, e ela foi e é minha maior inspiração. Deu asas aos meus talentos, entendeu que eu tinha uma parada diferente desde muito pequena”, completou.

A cantora lembrou ainda que começou cantando na igreja, mas que, segundo ela, foi expulsa do grupo por usar roupas exuberantes.

Gaby estreou neste domingo, 06, como técnica na nova temporada do programa “The Voice Kids”, da TV Globo.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar