NOTÍCIASParáREGIONAL

Santarém ganha os céus com verticalização acelerada

A principal cidade do Oeste do Pará, vem sofrendo grandes transformações com a chegada de edifícios cada vez maiores e modernos. Quem chega de barco ou faz um sobrevoo pela área urbana de Santarém, nota cada vez mais espigões fazendo parte do aspecto urbano da cidade e “endossando” um skyline robusto, que nada fica a dever para capitais médias da região Norte como Macapá e Porto Velho.

Vista frontal da cidade de Santarém, pelo rio Tapajós. Foto: Redes Sociais.

No último mês, por exemplo, uma grande construtora da cidade inaugurou aquele que é o maior edifício do interior do Pará, com mais de 100 metros de altura e que, por pouco, não se torna o maior do estado, superando as torres Sun e Moon, na Doca, em Belém.

Santarém é o maior polo de comércio e serviços da região Oeste do Pará e influencia, diretamente, uma população de quase 1 milhão de pessoas. Com a retomada do turismo e o asfaltamento da BR-163, que serve como principal rota de escoamento de grãos do Centro-Oeste brasileiro, a cidade vive um vigoro processo de aquecimento na construção civil, o que reflete em edifícios maiores e mais modernos, tanto residenciais como comerciais.

Como a área urbana tem pouco espaço para expansão, uma vez que há áreas de proteção ambiental e rios ao redor, a verticalização acaba sendo uma alternativa para adensar e criar novas moradias sem que a cidade avance sobre áreas de florestas.

O perfil no Instagram, Tapajós Aéreo, fez algumas imagens da cidade. Confira:

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar