BELÉMNOTÍCIASPOLÍTICA

Manifestantes continuam na Almirante Barroso mesmo depois de relatório que aponta eleições sem fraudes

A quinta-feira, 10, marca em Belém do Pará, a chegada do 11º dia de protestos por grupos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), contrários ao resultado das Eleições deste ano que deu a vitória a Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os manifestantes seguem na calçada do 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2ºBIS), na avenida Almirante Barroso, no bairro do Sousa.

Na noite de quarta-feira, 9, as Forças Armadas divulgaram o relatório entregue ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), referente ao Processo Eletrônico de Votação 2022 e, segundo o documento analisado desde o primeiro turno do pleito das eleições deste ano, não houve irregularidades no processo eleitoral brasileiro. No relatório, os técnicos do Ministério da Defesa atestaram “a conformidade entre os boletins de urnas impresso e os dados disponibilizados pelo tribunal”.

Mesmo com a divulgação do relatório que atestou a 95% de confiabilidade nas eleições do primeiro e segundo turno, os manifestantes gritavam na avenida na noite de ontem, 9: “Forças Armadas Salvem o Brasil”.

Diferente da última terça-feira, 8, em que observava-se tendas, barracas de camping e lonas por toda a parte – simbolizando a resistência em ceder ao fim dos atos -, na noite de quarta-feira, 9, não havia nenhum acampamento montado tomando o quarteirão inteiro da avenida. Em um espaço perto da passarela da Almirante Barroso, os participantes montaram um local para servir refrigerante, sopão, café e água totalmente de graça às pessoas que participam do ato.

A “novidade” foi a aquisição de dois banheiros químicos, um em cada canto esquerdo e direito, logo abaixo da passarela da Almirante Barroso. Assim, facilitando a locomoção de apoiadores que não precisavam se afastar para usar o banheiro.   

Segundo informações compartilhadas nas redes sociais, não existem informações de quantos dias mais os protestos irão continuar na avenida, após o resultado do relatório.

Fontes: O Liberal e Roma News

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar