ECONOMIANOTÍCIAS

Havan inaugura megaloja no município de Ananindeua

Foi aberta na manhã desta quinta-feira, 10, em Ananindeua, a mais nova unidade da rede de megalojas da Havan, que chegou a ter um de seus estabelecimentos fechados por crime contra a saúde pública – após tumultos e aglomerações registrados em programação de inauguração realizada em outubro passado, na avenida Augusto Montenegro, em Belém.

Na época, o ocorrido teve repercussão nacional negativa, levantou polêmicas e chamou a atenção pela falta de fiscalização de órgãos públicos frente a quebras de protocolos de proteção contra a Covid-19 e pelo franco desrespeito a decretos estaduais publicados contra a proliferação do coronavírus no Pará. As imagens das aglomerações ganharam as redes sociais.

Mais uma loja – A abertura da nova unidade da rede de megalojas – o quarto estabelecimento da Havan no Pará – foi anunciada em tom de comemoração, na quarta-feira, 9, por postagens simultâneas feitas nas redes sociais do empresário Luciano Hang, dono da rede, e também do atual prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, e do novo prefeito eleito do município, Doutor Daniel.

A megaloja fica no quilômetro 8 da rodovia BR-316. A reportagem de O Liberal acompanhou a abertura da loja, por volta das 9 horas, e constatou que nenhum registro de aglomeração ou tumulto foi notado dessa vez. A manhã foi tranquila e o movimento modesto. 

“Já estamos na contagem regressiva para a Havan de número 153, em Ananindeua, no Pará. Estou extremamente feliz em inaugurar mais uma megaloja nesse estado tão especial. Agora temos quatro filiais para receber o povo paraense. Me sinto privilegiado por poder abrir lojas, oferecer emprego e renda no Pará, que sempre nos acolhe de maneira tão alegre e gentil”, disse em postagem em suas redes sociais o empresário Luciano Hang.

Fonte: O Liberal

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar