NOTÍCIASPOLÍTICAREGIONAL

Governador do Amazonas oferece ajuda para combater queimadas no Pará

Durante a cerimônia de convocação dos concursados da Segurança Pública no Amazonas, realizada na segunda-feira, o governador do Amazonas, Wilson Lima, abordou a crescente preocupação com as queimadas no estado e reforçou seu compromisso em combater esse problema. O governador ressaltou que muitos dos focos de incêndio têm origem no Pará e afirmou que, se necessário, está disposto a enviar brigadistas para auxiliar no combate a esses incêndios no estado vizinho.

Em seu pronunciamento, Wilson Lima informou que, na manhã de segunda-feira, entrou em contato com o governador do Pará, Helder Barbalho, oferecendo a ajuda do Amazonas para combater as queimadas na região.

“Hoje de manhã eu liguei para o governador do Pará, Helder Barbalho, e coloquei o estado à disposição e, se for o caso, enviar efetivo do nosso Corpo de Bombeiros. Estou tentando também uma conversa com a ministra Marina para, se for o caso, disponibilizar parte do Prevfogo para ajudar nessas queimadas no Pará”, afirmou Wilson Lima.

O governador já havia mencionado anteriormente que a fumaça que cobre Manaus e alguns municípios do Amazonas não é proveniente apenas da região metropolitana, mas também reflete a intensidade das queimadas no estado do Pará.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Pará lidera o ranking de focos de incêndio, com 1.916 queimadas registradas desde o início de outubro até novembro. Por sua vez, o Amazonas ocupa a oitava posição, com 116 incêndios no mesmo período.

“Para vocês terem uma ideia, ontem [domingo], em todo o Amazonas, não estou me referindo apenas à região metropolitana, foram registrados apenas seis incêndios”, destacou o governador Wilson Lima, enfatizando a necessidade de cooperação regional para conter o problema das queimadas que afeta ambos os estados.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar